Minimalismo: o que é e como aplicá-lo à sua vida

ARTIGOS fev 20, 2018 No Comments

O CONCEITO

O minimalismo é como uma filosofia de vida na qual é propagada a reavaliação de nossas prioridades, com objetivo de nos livrarmos de excessos em todos os âmbitos: social, profissional e emocional. A ideia é que você minimize as preocupações e acúmulos, sejam eles materiais ou psicológicos.

É UM PROCESSO

Começar a aplicar o minimalismo em sua vida é um processo de várias etapas, cuja velocidade varia para cada um, afinal, todos têm seu tempo. Você começa se livrando de bens materiais que não têm mais utilidade, como roupas paradas no guarda-roupa, lembranças e itens acumulados no armário que não prestam mais a nenhum propósito. Em seguida, o conceito de retirar os excessos se aplica às relações e à vida de maneira geral.

CONSUMO CONSCIENTE

De início, pode parecer que a ideia é apenas se livrar de todos os bens materiais, e isso até pode ser uma forma exagerada de minimalismo, mas não é aplicável à realidade de muitos. Há diferentes maneiras de levar o conceito à sua vida. A redução do consumo é uma de suas características, mas acima disso está o consumo consciente. Parar para pensar a real utilidade dos itens que compra e refletir sobre de onde aquele produto vem, como é fabricado e qual o seu impacto no mundo.

É VALORIZAR AS EXPERIÊNCIAS E NÃO AS QUANTIDADES

Por que comprar uma blusa mais barata, mas com tecido de qualidade inferior, ao invés de uma blusa que é o dobro do preço, mas que também vai durar o dobro de tempo? Priorize produtos de alta qualidade e, quando possível, fabricados por pessoas e não por grandes marcas. Assim, você valoriza o trabalho do pequeno produtor.



É CONSUMIR COM RESPONSABILIDADE

Quando você fizer essa limpeza material em sua vida, preferivelmente passando o que não lhe tem mais utilidade para pessoas necessitadas, vai perceber o quanto acumulou produtos e objetos que já não tinham mais nenhum valor (e não estamos falando do valor financeiro) e isso afetará suas compras futuras, gerando um equilíbrio. Procure adquirir produtos usados – em bom estado, obviamente -, ou artesanais, pensar no propósito dos itens de consumo e logo você vai perceber que você se sentirá mais leve e até sobrará um dinheirinho no fim do mês.

NÃO SE TRATA DE AUTOPUNIÇÃO

Uma concepção errônea do minimalismo é que se trata de uma maneira de punir a si mesmo, mas é o contrário. Toda a ideia do conceito é voltada para reconhecimento daquilo que realmente precisamos, então parar de consumir e adquirir determinados tipos de produtos que você nunca precisou não é uma punição, e sim uma conscientização. Você não vai sentir culpa, porque vai perceber que aquilo não faz falta.

É UMA MANEIRA DE VER QUE SONHOS NÃO ESTÃO TÃO DISTANTES QUANTO PARECEM

A almejada viagem para a qual parece que você nunca vai conseguir juntar o dinheiro necessário é muito mais viável a partir do momento em que você para de consumir excessivamente. A quantidade de dinheiro que você pode direcionar para sensações e momentos inesquecíveis é muito maior quando você para de comprar uma blusa nova todo o mês ou uma calça desnecessária…

É UMA MANEIRA DE ECONOMIZAR DINHEIRO

Ao perceber o quanto gasta com produtos supérfluos você reduz seus custos e acaba adotando, naturalmente, um estilo de vida sustentável, ao notar que muito do que você já tem pode ser passado adiante ou repensado. Ninguém sai perdendo.

O PLANETA AGRADECE

Procure reutilizar recursos, reaproveitar materiais, reciclar matéria-prima e renovar produtos, quando possível. Todas essas ações resultam em um mundo melhor e tudo o que é fabricado como resultado disso tem um valor agregado muito maior.

O MINIMALISMO VAI ALÉM DO MATERIAL

A carga que nos é imposta em relação a trabalho, a sempre estar em atividade e ter alguma coisa para fazer e nos ocupar é um malefício mascarado. O minimalismo tem também como conceito reduzir esse tipo de excesso e nos mostrar como ter momentos de ócio, nos quais não fazemos absolutamente nada e apenas descansamos, é extremamente libertador e relaxante. Somos pressionados a sempre estarmos produzindo, a todo momento, mas isso leva a um desgaste no qual a qualidade do que produzimos decai com o tempo, justamente por não termos um respiro, coisa que o minimalismo promove.






DESACELERE A VIDA

Quando você entender e aplicar a parte material do minimalismo, estender os mesmos conceitos à parte pessoal é mais fácil. O que você faz na sua vida que é em excesso? Fica pensando em trabalho até mesmo em casa? Preocupações com o futuro, lembranças do passado? Pouco a pouco a remoção dessas atribulações leva você a desacelerar sua vida, o que faz com que sejamos menos irritados, menos preocupados e tenhamos mais energia para dispor para os momentos mais valiosos.

A ATENÇÃO PLENA

Dentro do minimalismo há o conceito de atenção plena, no qual você consegue se concentrar no que está fazendo no momento de tal maneira que nada mais importa e você fica focado no presente, ao invés do futuro ou do passado. Assim você aprecia mais cada pequeno detalhe da sua vida e também produz com mais qualidade e satisfação.

COM ISSO, NOSSA ENERGIA É INVESTIDA NO QUE REALMENTE IMPORTA

Repense se você realmente precisa aceitar e comparecer a todo evento social para o qual é convidado, ou se todos os comprometimentos que assumiu realmente têm algo a agregar à sua vida: aprender a dizer não e selecionar aquilo que vale a pena nos livra de uma carga que não precisamos arcar, de maneira que quando formos viver aquilo que realmente importa esses momentos serão intensificados pela quantidade de energia que você pode dispor a eles.

VOCÊ PODE CUMPRIR PRAZOS E METAS SEM SE ESTRESSAR

Um dos benefícios de adotar esse tipo de pensamento e hábito em sua vida é perceber que muitas das tarefas que você deve executar podem ser concluídas sem o estresse e irritação costumeiros. Isso porque enquanto você deve concluir seus afazeres sua atenção fica totalmente voltada para concluir a determinada tarefa e não vaga por outros pensamentos que divergem sua energia e atenção.

TODOS ESSES ASPECTOS REFLETEM NA SAÚDE

O estilo de vida minimalista faz bem para a saúde física, mental e psicológica, uma vez que você adota uma série de hábitos saudáveis e sustentáveis em todos os setores. É menos estresse, menos correria, menos raiva, menos nervoso. É mais vida, mais momentos marcantes, mais experiências maravilhosas, mais realizações e mais paz de espírito.


Fonte: https://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/comportamento/minimalismo-o-que-%C3%A9-e-como-aplic%C3%A1-lo-%C3%A0-sua-vida/ss-BBHUODL?li=AAggNbi&ocid=mailsignout#image=1

Refarq

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *