DESENVOLVIMENTO DE SETOR URBANO

Vou compartilhar com vocês, o desenvolvimento de setor urbano específico, desenvolvido para a disciplina de Atelier de Projeto VIII, neste semestre de 2015/1!!!

O setor detalhado está localizado ao sul da gleba, compreendendo os quarteirões entre as vias: no sentido leste-oeste, a Avenida José Pedro Boéssio (Futura 4 Perimetral); e no sentido norte-sul, as duas novas vias locais projetadas. Este setor engloba uma tipologia de edificação: base+torre, e dois tipos de perfis viários: arterial e local.
   As vias foram projetadas a partir da análise do entorno, visando sanar as deficiências e carências, então a preferência foi por vias que preservem o pedestre e o ciclista, oferecendo passeios mais espaçosos e ciclovia ao longo de vias principais.
   A preocupação com o pedestre é algo marcante no setor que compõe um amplo passeio na Avenida José Pedro Boéssio, criando um parque linear com vegetação, quiosques, bancos e mesas, para que o deslocamento dos torcedores em dias de jogos seja seguro e descontraído, bem como servir de local de lazer para visitantes e moradores.

   Os passeios devem garantir um percurso contínuo e seguro para o pedestre, portanto, os cruzamentos com vias de veículos exigem cuidados especiais que garantam essa segurança. Na via arterial (José Pedro Boéssio) foram previstas faixas de pedestres e ciclovia elevadas, e nas vias locais quando encontram com a arterial, existe alargamento do passeio.





urbano2urbano3urbano4


O mais adequado é que as residências sejam implantadas nas vias locais, por possuir menor fluxo de veículos. Já os comércios pedem maior visibilidade, portanto devem estar na via arterial, que comporta um perfil mais generoso e muitas vezes um fluxo intenso de veículos e pessoas. A partir desta análise, as vias locais comportam edificações de tipologia torre abrigando as residências, e a via arterial comporta a tipologia base+torre com comércio no pavimento térreo (base), e residência nos demais pavimentos (torre).
   As edificações possuem o térreo abrigando o comércio e acesso aos apartamentos. O volume  é envidraçado para que o pedestre visualize o que ocorre no interior, deixando-o mais atrativo e permeável, além de ser recuado na frente e nas laterais visando liberar espaço para promover a continuidade do parque linear que está no passeio público.

   O segundo e terceiro pavimentos abrigam estacionamento. A volumetria é aberta para auxiliar na ventilação, além de diminuir a carga na estrutura por utilizar menos materiais. Já os pavimentos tipo, que abrigam os apartamentos residenciais foram revestidos com painéis arquitetônicos de fachada. Nas extremidades das torres estão as varandas com peitoris de madeira que abrigam floreiras, que possibilitam maior contato com o exterior.


 

 


Abaixo estão algumas das pranchas entregues:
Prancha 01 - Implantação
Prancha 02 - Setor detalhado
Prancha 04 - Hierarquia
Prancha 05 - Cruzamentos
Prancha 06 - Perfis

Prancha 10- Vegetação


Projeto por:

VANESSA

CADASTRE-SE E RECEBA NOVIDADES SOBRE O MUNDO ARQUITETÔNICO

O seu nome (obrigatório)

O seu email (obrigatório)

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *