A EXPLORAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

As cidades brasileiras estão passando por processos de urbanização desordenados, sendo necessário um planejamento para que haja, associado a este desenvolvimento urbano, também um cuidado ecológico. Este seria o chamado “desenvolvimento sustentável”, onde as necessidades da sociedade são supridas, sem que haja comprometimento dos recursos necessários no futuro.

Para que realmente consigamos viver de maneira sustentável, é preciso ter certos cuidados, como, por exemplo, encontrar novas formas de desenvolvimento econômico, sem que exista redução excessiva dos recursos naturais. O desenvolvimento sustentável deve ser uma consequência do desenvolvimento social, econômico e da preservação ambiental.


1-sustentabilidade-empresarial


A exploração de recursos naturais é muito superior à capacidade de regeneração do ecossistema. Os seres humanos praticam ações em busca de dinheiro e bens materiais, e esquecem-se de preservar o ecossistema, consumir conscientemente, cuidar da saúde, entre tantos outros fatores que deveriam ser valorizados.

O consumo, para ser ético, deve ser pensado desde a origem do produto. Normalmente o que ocorre, é que as pessoas não levam em conta fatores globais, levam apenas em consideração a sua própria necessidade.

Além disso, a população está aumentando desenfreadamente, e quanto mais pessoas, mais consumo, mais extrações, mais destruições. Outro problema que temos em função da população mundial, é que normalmente as pessoas que tem consciência dos males causados ao meio ambiente, que promovem o consumo ético e o cuidado com o ecossistema, são os que menos se reproduzem, justamente por saberem que quanto mais pessoas, pior. Enquanto que, as pessoas que menos se preocupam (ou nem se preocupam) possuem muitos filhos. Então os bons ensinamentos são repassados a poucos.

Este sistema faz parte da cultura da população. As pessoas crescem aprendendo a consumir, e quanto mais barato for o produto, melhor, não importa a sua procedência. As pessoas enxergam o mundo de forma fragmentada. Não enxergam que afetando a natureza estão afetando a si próprios (e outros seres). Foram ensinadas assim, desde pequenas, então é normal. Dificilmente alguém por conta própria enxerga o mal que há por trás de tudo isso. A educação seria uma ótima alternativa, uma vez que o sistema é feito por pessoas, e suas atitudes serão reflexo disto.


Estou preparando algumas postagens sobre o desenvolvimento sustentável, visando às contribuições da arquitetura neste processo, com o planejamento urbano, construções sustentáveis, certificações ambientais, materiais especiais, entre outros pontos.


Acompanhe-nos nas redes sociais para ficar por dentro das postagens.

 FACEBOOK                     TWITTER                         INSTAGRAM                 PINTEREST


Post por:

ASSINATURA_VANESSA17


CADASTRE-SE E RECEBA NOVIDADES SOBRE O MUNDO ARQUITETÔNICO

O seu nome (obrigatório)

O seu email (obrigatório)

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *