Residência em East Hampton

Autores: SPBR arquitetos
Local: East Hampton – Nova York
Ano do projeto: 2007
Área do terreno: 4.650m²

Área construída: 560m²



O projeto substituirá uma edificação existente, feita em madeira e cobertura em duas águas. A ideia é reverter a lógica atual de residência ortogonal.

1_ implantaçãoO projeto prevê a remodulação parcial do terreno para abrigar o pavimento inferior. No lugar escolhido para a suíte principal, existe atualmente um lago, que será aterrado. Então, partes do pavimento serão encobertas por aterramento sinuoso, com rampas arredondadas simbolizando a nova topografia e interligando os pavimentos da residência. A implantação da residência no terreno é centralizada, com os setores distribuídos de maneira que se aproveite ao máximo a paisagem.

 


2_ setorização

A distribuição dos setores do pavimento térreo ocorre de modo linear, com ambientes sociais abertos à visuais do terreno, e o setor de serviço está deslocado da fachada.

O pavimento inferior tem volumetria diversificada, e abriga o programa íntimo da casa. Cada setor tem uma geometria distinta, o que reflete positivamente na arquitetura.


3_ composição

A contraposição da ortogonalidade do térreo com a diversidade do pavimento inferior cria um desenho interessante, explicitado nas varandas que cercam a área social. A residência têm plantas que alteram formas triangulares e retangulares, que se destacam em meio a linearidade da cobertura de concreto.





 


4_ estrutura:

O projeto é de um volume de concreto, com o andar inferior reproduzindo o partido estrutural. Isso foi feito para evitar a interferência de pilares nas áreas sociais integradas.

A laje plana de concreto do térreo terá rasgos, a fim de minimizar a incidência das baixas temperaturas. O objetivo é efetivamente separar os ambientes internos dos externos.


5_ aberturas e fechamentos:

O pavimento térreo se desenvolve em plano único, tendo extensas aberturas de vidro em fita. Já o inferior possui fachadas laterais, que conformam ângulos oblíquos, com rígida distinção entre panos cegos e envidraçados.



Fontes de consulta:

http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/spbr-arquitetos-residencia-east-04-03-2008.html

http://www.spbr.arq.br


Texto por:

ASSINATURA_VANESSA17


CADASTRE-SE E RECEBA NOVIDADES SOBRE O MUNDO ARQUITETÔNICO

O seu nome (obrigatório)

O seu email (obrigatório)

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *